culinaria2.minTacacá – Apesar de parecer estranho, o tacacá é uma das delícias mais regionais do Amazonas. É feito com caldo de tucupi, goma de tapioca, camarão e jambu, servido em cuia. O tucupi é feito com o sumo da mandioca e o jambu é uma planta cujas folhas tem efeito anestésico que adormecem levemente a boca.

Pato no Tucupi – Carne de pato com tucupi e jambu, assemelha-se à caldeirada ou ensopado.

Tambaqui – Considerado como um dos peixes mais saborosos do mundo, o tambaqui pode alcançar até um metro e chegar a pesar 45kg. Pode ser preparado à brasa, ao forno ou na caldeirada.

Pirarucu – Um dos maiores peixes de água doce, podendo chegar à dois metros e pesar 250kg. É conhecido como o “bacalhau da Amazônia” e um dos principais pratos feitos com este peixe é o “pirarucu à casaca”, feito com pirarucu seco, banana frita, farinha do Uarini e temperos especiais. Pode ser preparado também como file, à milanesa ou como bolinhos fritos.

Jaraqui – É um peixe típico da Amazônia, considerado como símbolo por ser muito comum, especialmente nos meses de maio e junho.

Tapioca – Tem origem tupi-guarani, feita com a goma da tapioca, é servida como se fosse uma panqueca e recheada com manteiga, queijo, tucumã ou qualquer outro recheio de sua preferência.

Tucumã – Fruto alaranjado que é praticamente caroço, para comer tira-se a casca e raspa somente a parte comestível. É muito utilizado para acompanhar arroz, rechear tapioca ou fazer o famoso “x-caboquinho”, feito com pão francês, queijo coalho, tucumã e banana frita.

Guaraná – Utilizado para fazer bebidas ou são transformados em pó. Tem efeito estimulante e é bastante consumido em forma de vitamina, batido com frutas, amendoim, castanhas, etc.

Cupuaçu – Fruta doce e com sabor único e forte, bastante utilizado em sucos, sorvetes, vitaminas e sobremesas.

Castanha da Amazônia – Semente típica da Amazônia, usada em doces, bombons e sobremesas.

Açaí – Conhecido pelo seu poder antioxidante e energizante, é geralmente consumido com farinha de tapioca, pode ser encontrado também como frozen ou sorvete.

Farinha do Uarini – Esta farinha dura e amarela, feita da mandioca, não falta na mesa dos amazonenses.